Quarentonas
arroz-integral

Arroz integral: conheça mais sobre seus benefícios!

O arroz é um alimento que não pode faltar no prato dos brasileiros e, cada vez mais eles têm aderido também ao consumo do arroz integral, que é uma ótima substituição para as pessoas que buscam uma vida mais saudável e para as que querem manter uma dieta balanceada, sem fugir completamente de seus hábitos diários de alimentação.

Arroz branco x arroz integral

Os dados exibidos abaixo se referem a uma quantidade de 75 g (duas colheres de sopa) dos dois tipos de arroz:

Calorias

  • Integral: 93 kcal
  • Branco: 96 kcal

Cálcio

  • Integral: 3.75 mg de cálcio
  • Branco: 3 mg de cálcio

Carboidratos

  • Integral: 19.35 g de carboidratos
  • Branco: 21.0 g de carboidratos

Fibras

  • Integral: 2.025 g de fibras
  • Branco: 1.2 g de fibras

Fósforo

  • Integral: 79.5 mg de fósforo
  • Branco: 13.5 mg de fósforo

Ferro

  • Integral: 0.225 mg de ferro
  • Branco: 0.075 mg de ferro

Magnésio

  • Integral: 44.25 mg de magnésio
  • Branco: 1.5 mg de magnésio

Potássio

  • Integral: 56.25 mg de potássio
  • Branco: 11.25 mg de potássio

Proteínas

  • Integral: 1.95 g de proteínas
  • Branco: 1.875 g de proteínas

Zinco

  • Integral: 0.525 mg de zinco
  • Branco: 0.375 mg de zinco

Arroz integral e o organismo

Esse é o cereal mais completo que podemos consumir, pois ao ser recolhido na plantação só é retirada sua casca externa. Por não passar por processos de industrialização ele mantém seus importantes nutrientes como a vitamina B e E, além de sais mineiras, fibras, cálcio, ferro, potássio e fósforo.

A alta concentração de fibras naturais presentes no arroz é indicada para pessoas que possuem diabetes tipo 2, pois elas têm baixo teor glicêmico. O arroz integral também concentra alta quantidade de vitaminas do complexo B que ajudam nas funções do metabolismo muscular, no sistema nervoso e cardiovascular, pois possuem também vitamina.

Além de prevenir doenças do coração, o arroz integral auxilia também em problemas de visão e retarda o envelhecimento, com o benefício de não possuir glúten, que é uma proteína presente nos cereais, principalmente no trigo. Essa proteína não pode ser consumida por pessoas que tenham doença celíaca, doença no intestino delgado, sendo também uma ótima opção para mulheres e homens que estão entrando em uma dieta e também para as que estão na menopausa.

Como preparar arroz integral?

Muitas pessoas não consomem este tipo de arroz por achar que seu preparo é mais demorado ou sentem dificuldade para fazer. Para desmistificar esta ideia, veja a receita super prática abaixo e faça seu arroz rapidamente.

Etapa 1
Deixe o arroz integral de molho na água de um dia para o outro ou 3 hrs. antes de cozinhar (mas se não conseguir deixar de molho por este tempo, qualquer 30 minutinhos já ajuda).

Etapa 2
Refogue os temperos, alhos, cebola e vegetais que quiser. Não refogue o arroz integral de jeito nenhum! Ao refogar, você está selando os grãos do arroz, que ainda possuem casquinha, pelo fato de serem integrais. Isso vai fazer com que ele demore um período muito longo para cozinhar.

Etapa 3
Adicione a água ao refogado e por último o arroz. A quantidade de água deve ser o dobro da quantidade de arroz (se for fazer 1 xícara de arroz, coloque 2 xícaras de água, por exemplo).

Etapa 4
Deixe cozinhar por aproximadamente 20 min. em fogo médio, ou até amolecer, ao ponto que você gostar. Se necessário acrescente mais água e coloque sal a gosto.

Etapa 5

Verifique o ponto e sirva o arroz quentinho, fica uma delícia!

Este passo a passo foi feito pela nutricionista Carol Morais, isto quer dizer que você pode confiar, por ser uma receita saudável e riquíssima em nutrientes.

Costuma consumir arroz integral? Saiba que ele é ótimo para a saúde e o bom funcionamento do organismo, invista!

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *